121doc.pt
InícioDST
Gonorreia

Gonorreia

A gonorreia é uma doença sexualmente transmissível muito comum e contagiosa, que se pode disseminar para os órgãos reprodutivos internos se não for tratada adequadamente. No entanto, se detectada a tempo, a gonorreia pode ser eliminada pela utilização de antibióticos.

Esta doença sexualmente transmissível é causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae e afecta tanto homens como mulheres. A transmissão é feita pelo contacto sexual desprotegido e pode ocorrer também entre a mulher grávida e o seu bebé. A bactéria que causa a gonorreia pode disseminar-se pela corrente sanguínea e levar a lesões nas articulações e na pele.

Quais são os sintomas da gonorreia?

Sintomas no Homem:

Os homens infectados apresentam quase sempre sintomas, estando entre os primeiros a perda de pus pelo pénis.

A perda de pus pelo pénis é o primeiro sinal de uma infecção na uretra, podendo também chamar-se uretrite não gonocócica, o que representa cerca de 1/3 das uretrites encontradas em seres humanos. A gonorreia também pode causar dor ao urinar.

Os sintomas geralmente aparecem 2 a 7 dias após a infecção.

Sintomas na Mulher:

Se aparecerem sintomas, estes podem ser dor ou ardor ao urinar, corrimento vaginal anormal, perdas de sangue entre menstruações e dor no baixo ventre. Estes sintomas podem ser muito ligeiros e são na maioria dos casos confundidos com infecções da vagina ou da bexiga.

Nas mulheres o período de incubação da gonorreia pode ter a duração de um mês.

Como se trata a gonorreia?

A gonorreia é uma infecção bacteriana e portanto, pode ser tratada eficazmente com antibióticos. O tratamento por via oral para o tratamento da gonorreia anal/genital não complicada nos adultos é representado pela: Cefixima 400mg (dose única) + Azitromicina 1g.

O tratamento geralmente inclui dois medicamentos de acção combinada, porque a gonorreia é frequentemente acompanhada por uma infecção de clamídia. Para evitar a reinfecção, o(a) parceiro(a) deve fazer simultaneamente o tratamento. As mulheres grávidas devem ter mais atenção às doses dos antibióticos, uma vez que nem todos podem ser tomados durante a gravidez.

Quais são as consequências da gonorreia não tratada?

Se esta doença não for tratada, pode levar a consequências graves como a infertilidade. Em mulheres infectadas, a gonorreia pode atingir o tracto genital superior, causando a doença inflamatória pélvica (DIP). Esta doença pode causar febre, dor abdominal, abcessos internos e dor pélvica crónica. Para além disto, a infecção pode causar danos permanentes nas trompas de Falópio levando à infertilidade e ao aumento do risco de gravidez ectópica. A infecção por gonorreia, pode levar o útero a aumentar o risco de aborto e parto prematuro. Nos homens, a complicação mais comum relaciona-se com o epidídimo, a membrana que reveste os testículos, podendo levar à infertilidade.

Pack Gonorreia

Com Cefixima e Azitromicina

Mais Informação Comprar Agora
Suprax e Azitromicina