121 Portugal
Micoses
Pitiríase Versicolor

Pitiríase Versicolor

A pitiríase versicolor também conhecida como tinea versicolor é uma infecção fúngica comum na pele (cerca de 1 em cada 20 infecções fúngicas). Não é contagiosa e não põe em risco a saúde. Para além disto é facilmente tratável com o uso de medicamentos antifúngicos, os quais levam rapidamente ao desaparecimento das manchas.

Manifesta-se inicialmente por pequenas manchas arredondadas na parte superior das costas, pescoço e peito. A área genital e o couro cabeludo não são normalmente afectados pela pitiríase.

No Verão a pitiríase versicolor é particularmente evidente, podendo as manchas espalhar-se por todo o corpo e unir-se dando origens a manchas grandes e irregulares, que podem ir desde o avermelhado à cor de café.

Medicamentos para a pitiríase versicolor

Existem vários medicamentos de prescrição disponíveis para o tratamento da pitiríase versicolor, variando a sua escolha com a extensão da infecção. Entre os quais encontram-se

  • Medicamentos antifúngicos de aplicação tópica
  • Os champôs, as espumas e as soluções antifúngicas podem ser usados em conjunto com um medicamento por via oral para o tratamento eficaz da pitiríase versicolor. Estes produtos permitem uma maior absorção do princípio activo e podem ser aplicados sobre o pescoço e os cabelos.

    Os champôs também são recomendados para a prevenção da pitiríase versicolor em pessoas susceptíveis de ter uma recaída. O champô de eleição tem como base o cetoconazol, com uma concentração de 1% a 2%. Este deve ser aplicado nas zonas afectadas pela pitiríase durante 5 minutos e depois enxaguado. O tratamento deve ser repetido durante 5 dias.

  • Medicamentos antifúngicos por via oral
  • Os antifúngicos em comprimidos são um tratamento eficaz e intensivo, prescrito especialmente no caso de a pitiríase se encontrar muito dissminada ou não ter sido eliminada com o auxílio de soluções ou champôs antifúngicos.

    Os tratamentos itraconazol (Sporanox) ou o fluconazol (Diflucan) variam na dosagem e dependem do peso e da idade do paciente, sendo o período de tratamento de 7-14 dias. Muitos pacientes preferem usar medicamentos antifúngicos em forma de comprimido devido à sua facilidade de administração. Os médicos da 121doc podem prescrever Diflucan e Sporanox online através de uma consulta médica online.

    Atenção: As manchas da pitiríase versicolor recorrente são normalmente da cor da pele, sendo invisíveis durante 3-6 meses. Recomenda-se a exposição ao sol para permitir que as áreas afectadas pigmentem.

Tratamento da pitiríase versicolor recorrente

Algumas pessoas tendem a sofrer de pitiríase versicolor de forma crónica, o que significa que o tratamento é eficaz a curto prazo, mas num curto espaço de tempo pode haver uma nova disseminação de pitiríase versicolor. Tais pacientes devem, consequentemente, ser sujeitos a um tratamento regular para prevenir a ocorrência de novos surtos. Uma possível solução é a aplicação de um champô de cetoconazol durante uma semana por mês. Este tratamento ajuda a controlar ou eliminar os microrganismos responsáveis pela pitiríase versicolor antes que a doença se torne evidente.

Tratamentos Disponíveis