121 Portugal
Início Disfunção Eréctil Viagra, Cialis ou Levitra?

Viagra, Cialis ou Levitra?

Apesar de o Viagra, o Cialis e o Levitra actuarem de forma muito semelhante, existem diferenças que deve conhecer. Conhecer as diferenças entre o Viagra, o Cialis e o Levitra, permite interagir com maior facilidade e conhecimento durante a consulta médica. Pode considerar o seguinte quadro com o resumo de cada um dos medicamentos disponíveis actualmente, quando procurar ajuda médica para resolver os seus problemas de disfunção eréctil ou impotência.

Todos os medicamentos actualmente disponíveis para o tratamento desta condição estão sujeitos a prescrição, pelo que a consulta com um médico é obrigatória para que seja recomendado o tratamento mais eficaz e com menos riscos para o paciente.

Por a procura de ajuda médica fisicamente nem sempre ser uma solução para adquirir estes medicamentos, muitos homens acabam por procurá-los na internet. A 121doc disponibiliza uma alternativa de confiança a estes pacientes, permitindo uma consulta online grátis em forma de questionário para a avaliação do estado de saúde do paciente e garantir a prescrição segura do tratamento. No caso de não saber que medicamento escolher de acordo com as suas necessidades para proceder à consulta, faça o teste abaixo.

 

Tabela comparativa entre o Viagra, Cialis e Levitra


Medicamento Dose Início Efeito Duração  
Viagra caixa de viagra logo da Pfizer
Disponível em três doses diferentes, para os vários graus de DE Toma consoante a necessidade e efeito em 30 minutos. Efeito duradouro até 5 horas +Informação
Cialis caixa de Cialis logo da Lilly ICOS
Disponível em duas doses de 10mg e 20mg Toma consoante a necessidade com início de efeito rápido. Tratamento com os efeitos mais duradouros - 36 horas +Informação
Levitra caixa de Levitra logo da Bayer
Disponível em três doses diferentes de 5mg, 10mg e 20mg Início de acção em apenas 15-30 minutos. Duração dos efeitos até 5 horas +Informação
Cialis Diário Cialis Diário logo da Lilly ICOS
Disponível em duas doses de 2,5mg e 5mg Efeito imediato e 24h/24h Acção constante no organismo durante o tratamento +Informação
Levitra OD caixa de Levitra OD logo da Bayer
Disponível apenas na dose de 10mg e na forma orodispersível Tratamento com o início de acção mais rápido -15 min. Efeitos até 5 horas após a toma +Informação

Ainda tem dúvidas sobre qual o melhor tratamento para si? Faça o teste

Qual a diferença entre o Viagra, o Cialis e o Levitra?

É importante ter em conta que, embora não existam grandes diferenças entre os três medicamentos em termos de eficácia, mecanismo de acção, contraindicações e efeitos secundários, o Cialis, o Viagra e o Levitra diferem no formato em que estão disponíveis, na dose, na forma de ingestão e sobretudo na duração da sua eficácia. Para além das diferenças no preço.

  • Formas disponíveis: Ao contrário do Viagra, apenas disponível num tipo de comprimidos para toma consoante a necessidade, o Cialis e o Levitra também estão disponíveis para toma diária e na forma orodispersível, respectivamente.

    Deve ter em mente que a escolha entre o Viagra, o Cialis ou o Levitra não deve ser definitiva. Pode começar a tomar um medicamento para a disfunção eréctil e experimentar outro consoante as suas necessidades. Por exemplo, pode tomar Viagra ou Levitra durante a semana e no fim-de-semana ou nas férias optar pelo Cialis.

  • Efeitos e duração de acção: Se muitos pacientes preferem tomar Cialis pela sua ampla janela de acção, outros optam pelo Viagra ou Levitra precisamente pelo seu princípio activo permanecer em circulação durante menos tempo. O Viagra tem um efeito mais curto e mais preciso, no entanto, os efeitos secundários associados a este tratamento são igualmente um factor decisivo. O Cialis tem um efeito mais prolongado, porém, isto faz com que a sua acção também seja menos intensa.

Qualquer que seja o medicamento que escolha, também é importante ter em conta que se este não for eficaz, pode haver outro que seja uma melhor opção e tenha uma maior eficácia. Relembre-se que pode demorar algum tempo a habituar-se aos medicamentos e a recuperar a erecção, pelo que estes podem exigir mais do que uma tentativa antes de se revelarem eficazes. Numa primeira abordagem, recomenda-se que comece pela dose mais baixa ou intermédia, podendo esta ser aumentada ou reduzida consoante os efeitos observados e desejados pelo paciente.

O que têm em comum?

Em primeiro lugar, é importante ter em mente que o Viagra, o Cialis e o Levitra têm mecanismos de acção, eficácia, contraindicações e efeitos secundários muito semelhantes entre si. O Viagra, o Cialis e o Levitra são medicamentos do mesmo tipo e pertencem ao grupo dos inibidores da PDE-5.

  • Mecanismo de acção

    Todos os medicamentos inibidores da PDE-5 agem da mesma forma para ajudar a relaxar os vasos sanguíneos do pénis, permitindo o fluxo de sangue. O resultado é uma melhoria da função eréctil. O Viagra, o Cialis e o Levitra não causam erecções se o homem não tiver apetite sexual. Para que uma erecção ocorra, o homem deve primeiro obter uma boa excitação sexual, como acontece naturalmente, através de um estímulo físico, psicológico ou visual.

  • Eficácia

    Como todos os medicamentos, o Cialis, o Viagra e o Levitra não são eficazes em todos os homens. Cerca de 1 em cada 5 homens relataram não beneficiar do uso de um dos três medicamentos orais para a impotência ou disfunção eréctil. O problema pode dever-se a não ter deixado passar tempo suficiente para o efeito, ter deixado passar muito tempo, ter tomado uma dose muito baixa ou pela falta de estimulação sexual.

  • Efeitos secundários

    Nem todos os homens sofrem os efeitos secundários pelo uso de Cialis, Viagra ou Levitra. No entanto, os relatos são semelhantes: dores de cabeça, dor abdominal, dores de costas e musculares. Um ajuste da dose pode ajudar se tiver algum problema após tomar o Viagra, o Cialis ou o Levitra.

  • Necessidade de prescrição

    Todos estes tratamentos para a disfunção eréctil (Viagra da Pfizer, Cialis da Lilly ou Levitra da Bayer) são medicamentos sujeitos a receita médica. A prescrição pode ser emitida pelo seu médico de família, urologista ou andrologista. Também pode requerer a prescrição para o Viagra, Cialis ou Levitra através de uma consulta online com um dos nossos médicos especialistas, de forma a avaliar qual a melhor opção de tratamento para si.

  • Contraindicações

    Quer o Viagra, o Cialis ou o Levitra não podem ser prescritos a homens que tenham sofrido um ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral (AVC) nos últimos 6 meses, àqueles que sofrem de arritmia grave, tensão arterial elevada ou baixa, condições genéticas que afectem a retina, deformações anatómicas do pénis (tais como angulação, fibrose cavernosa, ou doença de Peyronie), ou a pacientes que sofram de condições que possam predispor para o priapismo, como por exemplo anemia falciforme, mieloma múltiplo ou leucemia.

  • Interacção com outros medicamentos

    O Viagra, o Cialis e o Levitra podem interagir de forma negativa com todas as substâncias e medicamentos à base de nitratos (como a nitroglicerina usada para a angina ou medicamentos designados por “poppers”), alfa-bloqueadores, medicamentos usados para a tensão alta e para a próstata.

Tratamentos Disponíveis